quinta-feira, 26 de julho de 2007

Brasil corre perigo

ELITE DESPIROCADA ATACA NOVAMENTE
A elite burra e despirocada ataca novamente. Estão divulgando uma passeata em SP – na Avenida Paulista, lógico, eles não tão idiotas a ponto de fazer isso na periferia – por e-mails e nas páginas do ORKUT. São os mesmos de sempre, é aquela elite burra que não aceita que um nordestino, ex-metalúrgico, seja o melhor presidente que o Brasil já teve. Vão usar o acidente do avião da TAM, vão fingir solidariedade com as famílias dos mortos para gritar o “fora Lula”. Como se – contra todas as evidências – o presidente Lula fosse culpado pelo acidente. Exatamente como fizeram no passado, em períodos pré-eleitorais. Vão vestir preto, vão levar faixas com dizeres agressivos, velas e flores para a farsa ficar mais emocionante.O encontro para organizar essa palhaçada será no Espaço Cultural São Paulo, que pertence à prefeitura de SP, e eles contarão com ajuda da CET. É a prefeitura de SP, do Kassab do DEM, dando apoio – e eles ainda dizem que a farsa e o desrespeito para com as famílias das vítimas do acidente não é político. E lá vai a elite burra e despirocada para mais um show de ofensas contra o presidente Lula na Paulista: madames de com seus modelitos pretos, muita maquiagem no rosto, óculos escuros escondendo a cabeça vazia, vão ser protagonistas de uma falsa solidariedade para terem seus minutos de fama. Gentinha horrorosa, escória da humanidade. Preconceituosos, não são solidários com ninguém, olham apenas para seus umbigos gordos. Não lhes interessa o que o presidente Lula esteja fazendo de bom pelo povo brasileiro, não lhes interessa que a economia do país esteja estabilizada, sem inflação, que o desemprego tenha desabado, que o povo esteja comendo mais e melhor, que o pobre esteja cursando universidade, que estejam conseguindo comprar a casa própria. Eles têm grana, não precisam disso e não estão nem um pouco preocupados com os que não têm. Eles chamam o Bolsa Família, maior programa de redistribuição de renda em todos os tempos, reconhecido e aplaudido mundialmente, de bolsa esmola. Para eles é esmola mesmo, mas para mais de 11 milhões de famílias miseráveis que necessitam do programa, é esperança, é sobrevivência, é o pão de cada dia. Não lhes interessa que FHC, o príncipe das trevas, foi expelido de seu mandato deixando para trás 54 milhões de miseráveis, (IBGE 2002), e que no governo Lula a desigualdade social tenha caído sensivelmente. Isso, para eles, não representa nada, pois acham que não os deixa mais ricos. É muito vil usar a morte trágica de dezenas de pessoas para seus interesses particulares, eleitoreiros, escusos. Não elegeram seu candidato com o voto e querem tentar um golpe contra o povo brasileiro. Não vão conseguir.
Jussara Seixas

Nenhum comentário: