sexta-feira, 27 de julho de 2007

Nem TAM, nem PAN, aqui é PAC, sim senhor

26-Jul-2007 O Governador Cássio (PSDB-PB) agradeceu o apoio do presidente pela parceria com o Estado. Após os discursos do Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, do Ministro das Cidades Márcio Fortes e dos prefeitos de João Pessoa e Campina Grande, o governador Cássio Cunha Lima assinou o documento que autoriza a transferência de recursos da ordem de R$ R$ 340 milhões, oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento, para a Paraíba. Durante seu discurso, o governador Cássio Cunha Lima quebrou o protocolo e apresentou três peças publicitárias com depoimentos de cidadãos paraibanos beneficiados com as ações dos programas Luz Para Todos e Leite da Paraíba. "É um momento de agradecer e aplaudir as parcerias formuladas entre o Governo do Estado e o governo federal, através de ações como o programa do Leite, Luz Para Todos, duplicação das BR´s 101 e 230, sobretudo a Paraíba agradece de pé o apoio do presidente ao projeto de Transposição do Rio São Francisco", disse Cássio. Ainda em seu discurso, o governador solicitou também o apoio do presidente em outras ações necessárias para o bem do povo da Paraíba e do Nordeste, como a inclusão do Estado na rota da transnordestina. Cássio encerrou seu discurso com uma homenagem ao presidente solicitando que a população presente agradecesse de pé o apoio do presidente. "Pela primeira vez na história do Brasil, alguém que veio do semi-árido do Nordeste chegou ao mais alto posto do país. A Paraíba agradece e, de pé, aplaude o presidente que tirou do papel a transposição", acrescentou o governador. A platéia do Paulo Pontes ficou de pé e aplaudiu.
Importância da parceria na realização de obras Lula reforçou importância da parceria na realização de obras, durante solenidade. Bastante aplaudido pelas pessoas que lotaram as dependências do Teatro Paulo Pontes, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva destacou que os recursos liberados para a Paraíba através do PAC devem ser investidos a fim de que haja a possibilidade de não se ver mais crianças morrendo, mas sim brincando na rua sem pisar nos esgotos a céu aberto. Ele enfatizou que, para isso, é necessário que se façam parcerias sem se preocupar a qual partido o governador ou os prefeitos pertencem. “Fomos eleitos para governar esse país, esse Estado e esses municípios”, afirmou, conclamando todos a transformar o dinheiro em obras até o mês de fevereiro do próximo ano. E pediu para ser convidado para inauguração da primeira obra a ser realizada com recursos do PAC. Lula também exortou o governador Cássio Cunha Lima e os prefeitos presentes à solenidade a ajuda-lo a acabar com imagem de que o Nordeste tem que continuar pobre. E ressaltou: “Só Deus pode me impedir de fazer com que o pobre atinja a plenitude da cidadania”. O presidente ainda sinalizou com a possibilidade de incluir a Paraíba no projeto da Transnordestina, afirmando que se não for no governo dele será em outra administração, por considerar ser impossível se imaginar uma ferrovia que cortará diversos Estados não passar pela Paraíba.

Nenhum comentário: