sexta-feira, 20 de julho de 2007

Morre Toninho Malvadeza

Depois de anos servindo a ditadores de plantão e montado a maior rede de corrupção da política brasileira, morreu nesta manhã em São Paulo o ex-senador ACM. Dono de inúmeras empresas de comunicação conhecido como líder autoritário de um grupo político em decadência o velho senador, morre sem deixar saudades, leve com sigo uma era de perseguições, malvadezas e corrupção desenfreada. Ao longo de décadas mandando de forma grosseira em seu grupo político, conhecido como um homem autoritário e perseguidor, o velho senador não deixa uma obra política da qual poderíamos dizer que os baianos possam se orgulhar, pelo contrario, sua vida, assim como seu estilo de fazer política são contrários á tradição baiana de ser a terra de políticos democráticos e liberais como Ruy Barbosa e João Mangabeira.Perseguidor e autoritário, com vasta folha de serviços prestados a ditadura militar ACM, parte no momento em que os baianos lhe aplicaram uma grande surra eleitoral, derrotando seu candidato Paulo Souto, ainda no primeiro turno das ultimas eleições ao eleger Jaques Wagner governador do estado e dar a Lula (de que ele foi grande perseguidor) uma votação extraordinária. A morte do velho ditador abre espaço para o inicio de uma nova era na Bahia, existe uma briga instalada no seu ex-grupo, o espolio já estava sendo disputado em publico através de briga aberta entre o neto e Paulo Souto, são todos filhos políticos do velho ditador, mas devem renegar a herança autoritária do velho. Neste momento na Bahia, existe tristeza entre os políticos que foram criados ou afilhados do ditador agora morto, já entre os jovens e os políticos honestos o clima é de pagina virada, existe na verdade uma certa esperança com o inicio de uma nova era em nosso estado. Postado por cacau&acaraje

2 comentários:

John disse...

Ol� Heliojampa,

Achei seu blog procurando causas do acidente da TAM, mas me interessou muito outras informa�es do seu site.

Por exemplo, que o dolar com FHC era 3,00, e com Lula est� 1,86...

Mas eu lembro tamb�m de o Dolar estar 0,80 com FHC... e estar 4 reais com Lula/FHC. E Aprendi que dolar alto, ou baixo, n�o � patamar para definir se isso � positivo para a Industria interna do Brasil.


E depois, independente desse acidente, a m�dia golpista est� certa em criticar o governo sobre o apag�o a�reo.
Respons�vel ou n�o pelo acidente, isso est� sendo um caos.
Pode at� falar que com outro presidente nos ter�amos o mesmo problema. Ok ent�o!! A� ele que seria o respons�vel, e teria q trabalhar para isso n�o acontecer.

O Fato � q a m�dia critica o governo pelas derrapadas, incluindo corrup�o. Coisa que o governo Lula tamb�m mostrou que tem de sobra (n�o � exclusivo de tucanos).

E outra... a Rede Globo, Terra, fizeram um excelente trabalho para a reelei�o do Lul�o...ah fizeram...

o Terra ent�o, nem se fala ;)

heliojampa disse...

Olá Jonh,
Obrigado pelo comentário.
Mas tenho que considerar o seguinte:
1)Lula pegou um dólar em ascensão, além do Risco Brasil e a taxa Selic;
2) Claro que a Indústria se beneficia do dólar baixo, pois podem comprar muitos equipamentos para o seu crescimento, reconheço que traz problemas para alguns, entretanto pergunto: por que quando o dólar sobe o preço em real sobe e quando o dólar baixa, o preço em real não baixa?
3) FHC dava tanto valor a paridade do dólar frente ao real, que o baixou na canetada e o manteve fixo por 4 anos.Só deixou o câmbio flutuante depois de inúmeros protestos principalmente do PT e ai quando ele liberou, não teve porteira nenhuma que o mantivesse baixo;
4) Sobre a corrupção, não existe nenhuma prova de envolvimento do Governo Lula com corrupção, o que existe, é um altissimo combate a corrupção. Desde 2003 a PF já realizou 357 operações, acabando com quadrilhas que agiam há mais de 10 anos (Lula está no pder há 4 anos e meio)Antes não existia combate, a PF só servia para carimbar passaportes e o Procurador era um engavetador.