sábado, 21 de julho de 2007

Vai se pi-pi-pi-pi mídia Vagabunda.

A versão da mídia antigovernista sobre acidente da TAM se fudeu. Desculpem-me a lingüagem obscena. Quando qualquer pessoa do povo brasileiro ao mostrar que alguma coisa não deu certo, bate assim, top, top, top, com a mão na outra e exclama: se fudeu. Pois foi assim que o Assessor Especial, Marco Aurélio Garcia, reagiu quando foi informado que o acidente da TAM foi causado por defeitos mecânicos da aeronave. A mídia que vinha acusando o governo, numa absurda politização da desgraça alheia, ficou perplexa e foi salva pelas imagens captadas pela Rede Globo. Obscenidade, grita a mídia obscena.O jornalista safado da Folha afirma que Marco Aurélio ficou “eufórico” quando assistiu em seu gabinete à reportagem sobre o defeito no “reverso” da turbina. Como é que o jornalista da Folha conseguiu "ver" tanta euforia? Na verdade, Marco Aurélio Garcia estava indignado, profundamente indignado com a politização forçada do noticiário. Lula é o culpado, o governo é o culpado. O acidente não era acidente, era crime. E seguia por aí a insanidade midiática. Então Marco Aurélio ouviu a versão verdadeira e reagiu como todo brasileiro. Top, top, top. A versão da mídia se fudeu

Nenhum comentário: