segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Apesar de tudo, "fora Lula", hoje, nem pensar

"A democracia não é o melhor dos regimes. É o menos mau. Experimentamos um pouco de todos os regimes e agora podemos compreender isso." (Albert Camus, escritor franco-argelino, novembro de 1948).
Fora Lula é Irresponsabilidade

Com a autoridade de quem primeiro viu e primeiro denunciou o "cavalo de pau" do governo petista, declaro para todos os fins que esse discurso de "fora Lula" é hoje obra da irresponsabilidade, da demência e do rancor de quem não está nem aí para a sorte do povo brasileiro. Mais leviano parece esse grito quando se procura atribuí-lo ao choque emocional que nos atingiu a todos com a tragédia do avião da TAM.

Oportunistas

Infelizmente, alguns eternos golpistas querem se aproveitar dos caminhos ínvios percorridos pelo presidente para expressar os piores sentimentos, que vão do vil preconceito contra a ascensão de um homem do povo até a obsessão de poder, que perseguem a qualquer preço. Nessa catilinária de tintura sensacionalista, que só serve para enfraquecer as críticas consistentes ao governo, esses reacionários demonstram o quão de obsoletos e decrépitos são ao tentarem reacender velhas paranóias, como a arenga do anticomunismo, bordão fétido, que serviu para que usurpadores civis e militares prestassem serviço aos patrões norte-americanos, naquela época tenebrosa em que a corrupção internacional comprava uns e assustava a outros.”

Pedro Porfírio / Tribuna da Imprensa

Nenhum comentário: