sexta-feira, 31 de agosto de 2007

DIRCEU CHORA O LEITE DERRAMADO

Dirceu: quem mandou não ter
uma política de comunicação ?
Paulo Henrique Amorim
Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil.
. O ex-ministro José Dirceu disse ontem na entrevista coletiva que "estamos caminhando quase (sic) para uma ditadura da mídia".
. Não é verdade.
. Já estamos numa ditadura da mídia.
. O Brasil é a única democracia do mundo que tem três jornais – Globo, Folha e Estado -, uma rede de teve com 50% da audiência e 70% da publicidade, e uma revista que é a última flor do Fascio, a Veja.
. Isso não é ditadura ?
. Essa ditadura não produz efeitos ?
. Consultem o livro organizado pelo professor Venício Lima para ver o que essa ditadura fez na eleição de 2006. (Clique aqui para ver "A Midia e as Eleicoes de 2006").
. Perguntem ao Ministro Lewandowski como vota o Supremo (supremo ?).
(Clique aqui para ver o que disse o Ministro ante ontem e ontem, quando ele incorreu no "pior a emenda que o soneto").
. O ex-ministro José Dirceu agora chora o leite derramado.
. O PT e o Presidente Lula têm que assumir a responsabilidade política de, como líderes da tendência trabalhista brasileira, não formularem uma política de comunicação para enfrentar essa mídia conservadora (e golpista !).
. Não seria uma política para beneficiar o PT ou o Governo Lula.
. Seria uma política de interesse da democracia brasileira.
. A mídia conservadora (e golpista !) toma partido, faz política e se deixa instrumentalizar por seus agentes mais eficazes, como o Farol de Alexandria, que, explicitamente, já arrolou, num artigo no Estadão, a mídia como instrumento principal da oposição ao Governo Lula.
. Quando a Globo estava em concordata – e o único órgão da imprensa brasileira que noticiou isso foi a Carta Capital -, num programa Roda Viva, o futuro ministro José Dirceu anunciou que o Governo Lula iria ajudar empresas estratégicas como a Globo e a Varig.
. A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, deu a uma avenida de São Paulo o nome de "Jornalista (sic) Roberto marinho".
(São Paulo é a única metrópole brasileira que não tem uma avenida com o nome de Vargas ...) . O Presidente Lula continua a não ter uma política de comunicação.
. Sua resposta ao golpe do primeiro turno (clique aqui para ver de novo o livro do professor Venício Lima) foi criar a TV Publica.
. É uma espécie do que os francesas chamam de "fuga para a frente" !
. A "quase" ditadura da mídia é um problema central da democracia brasileira e o PT não ao moveu uma palha para resolvê-la.
. Agora, não adianta chorar o leite derramado.

Nenhum comentário: