terça-feira, 7 de agosto de 2007

A ética e moral da Veja

Por Guina
Devido ao grande descrédito da classe política brasileira, virou moda todo mundo querendo ser guardião da ética e da moral. A Veja ultimamente têm destinado várias páginas e capas da revista para 'desmascarar' o Senador Renan Calheiros. Não tenho intenção nenhuma de tentar defender o senador das acusações que vêm sofrendo sobre seus supostos rolos, tão propalados e afirmados pela Veja. O que acho interessante é a hipocrisia e o cinismo que a grande mídia têm quando se trata de defender seus interesses. Tudo bem que Veja é uma revista que há muito deixou de praticar o verdadeiro jornalismo devido a sua parcialidade e vários outros motivos. Porém, é incrível ver toda semana os caras-de-pau da Abril publicar reportagens e colunas onde o tema principal é a cobrança da ÉTICA e da MORAL na política. Será que a Revista Veja têm condição de cobrar isso de alguém, mesmo da combalida classe politica brasileira?
Como uma revista que patrocinou partido político, vendeu 30% de suas ações para empresa racista e fez campanha escandalosa para um candidato à Presidente da República pode cobrar ética e moral de quem quer que seja?
Veja a diferença, por exemplo da Carta Capital, que mesmo se posicionando de forma clara a favor do Governo Lula, quando acha que deve criticar o mesmo não o deixa de fazê-lo. Com certeza a Veja não têm condição nenhuma de ser referencial de instituição alguma, pois em matéria de falta de ética e imoralidade a revista da Abril não é exemplo pra ninguém.
Postado por Guina

Nenhum comentário: