quarta-feira, 31 de outubro de 2007

PSDB encolhe mais um pouquinho.

Leia na íntegra a renúncia do deputado Ronaldo Cunha Lima Agência Câmara
O deputado Ronaldo Cunha Lima (PSDB-PB) entregou nas mãos do deputado Nárcio Rodrigues (PSDB-MG), que presidia a sessão plenária, seu pedido de renúncia em caráter irrevogável. O Supremo Tribunal Federal (STF) havia marcado o julgamento de processo contra ele para a próxima segunda-feira. Ronaldo é acusado de balear Tarcísio Buriti, seu inimigo político, em 5 de dezembro de 1993, em um restaurante. O processo está no STF desde 1995. Com a renúncia, o deputado deverá perder seu foro privilegiado e o processo deverá ser remetido para a Justiça comum.
Íntegra da renúncia
Leia abaixo a íntegra da renúncia:
"Sr. Presidente, nesta data e por este instrumento, em caráter irrevogável e irretratável, renuncio ao mandato de deputado federal, representando o povo da Paraíba, a fim de possibilitar que esse povo me julgue, sem prerrogativa de foro como um igual que sempre fui.Requeiro a leitura em plenário desta renúncia, a respectiva publicação e a comunicação dela a S.Exa, a presidenta do Supremo Tribunal Federal, ministra Ellen Gracie".
Leia mais »

Nenhum comentário: