quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Governador Tucano poderá ser cassado de novo!

Processo do jornal A União entra em pauta pelo TRE-PB na quinta-feira.
Foi para a pauta da próxima quinta-feira (08.11) do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) o julgamento do processo que apura denúncias de uso do Jornal A União, no período eleitoral de 2006, que teria a intenção de promover o então candidato à reeleição, governador Cássio Cunha Lima (PSDB).
O corregedor eleitoral, Carlos Eduardo Lisboa, marcou o julgamento no TRE-PB. “Foi pela conveniência do relator”, explicou Fábio Andrade, advogado de defesa do governador. “Quando a pauta é publicada o corregedor tem até 48 horas para colocar em julgamento. Ele poderia entrar na segunda, mas por opção do relator ele preferiu colocar na quinta”, explicou.
A principal linha da defesa do governador é que o Jornal A União não tem força para alterar expressivamente votos em favor de qualquer candidato. Além disso os advogados pretendem mostrar exemplares do jornal, em administrações passadas, em que o jornal oficial teria acintosamente em favor das campanhas eleitorais.
Comentário Meu. O amigo leitor tem idéia de quantos exemplares do Jornal A União foram distribuidos aqui no Estado? Vejam bem, A Folha de São Paulo tem na sua maior tiragem, algo em torno de 300 mil. A Paraiba, bem menor que o Estado de São Paulo, circulou aqui com números superiores a 1 milhão, e ainda com outro agravante, pois circulou em dias em que não há circulação ordinária. E os caras ainda dizem que o humilde Jornal em nada colaborou com a campanha de reeleição do Governador. Será que era por que na capa estampava pesquisa falsa do Ibope que dava ampla vitória ao Governador tucano?

Nenhum comentário: