segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Governador Tucano é cassado outra vez

4 x3
O Tribunal Regional Eleitoral acatou a ação movida pelo Ministério Público Eleitoral e pediu a cassação do governador Cássio Cunha Lima (PSDB) e do vice-governador José Lacerda Neto (DEM), além de multa no valor de R$ 100 mil e inelegibilidade por um período de três anos.
A decisão para o afastamento do governador estava nas mãos do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Jorge Ribeiro da Nóbrega, que entendeu como pertinentes as denúncias do MPE, de que a reeleição de Cássio foi favorecida pelo uso irregular do jornal A União.
Para Jorge Ribeiro, houve “intensa publicidade oficial em nítido benefício do governador”, em período vedado pela Legislação Eleitoral.
- A meu sentir, houve asbuso de poder em concorrência com a prática de conduta vedada – disse Jorge Ribeiro, no julgamento desta segunda-feira (10) na sede do TRE.
O chamado Voto de Minerva foi necessário porque o julgamentoo estava empatado em três votos a favor e três contrários à cassação de Cássio Cunha Lima.

http://www.paraibaonline.com.br/

Nenhum comentário: