sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

O Terceiro Mandato

O TERCEIRO MANDATO
Em 2002 o povo brasileiro, sabiamente, nas urnas, no voto, escorraçou FHC e o PSDB do poder. FHC foi um dos piores presidentes do Brasil e não conseguiu fazer seu sucessor, o eterno candidato Serra. Em 2006 o povo brasileiro sabiamente reelegeu o presidente Lula, nas urnas, no voto, com outra votação histórica. Desta vez nem permitiram que FHC, o pior presidente do Brasil, aparecesse ao lado de seu candidato do PSDB, Alckmin. FHC não se conforma, não aceita ficar com o titulo de pior presidente do Brasil, justo ele, um sociólogo da Sorbonne. E menos ainda se conforma, e não consegue aceitar que um migrante nordestino, ex-metalúrgico, sindicalista, seja reconhecido pelo povo brasileiro, e mundialmente, como o melhor presidente que o Brasil já teve. O PSDB de FHC, juntamente com seu rabo, o DEM, estão há anos – anos do governo Lula – dedicando todo seu tempo a tentar derrubar o presidente Lula. Tentaram de tudo, criaram factóides, inventaram mentiras, divulgaram achismos, calúnias, invencionices. Criaram três CPIs, investigaram o governo do presidente Lula até virá-lo do avesso. Como não encontram nada, absolutamente nada, se desesperam e usaram a OAB, braço jurídico do PSDB – com respaldo da mídia safada e golpista – para pedir o impeachment do presidente Lula. O povo brasileiro reagiu, mostrou que não iria aceitar o golpe que eles planejavam. Em 2006 o povo reelegeu Lula e derrotou a mídia golpista e o PSDB/DEM/OAB, conjurando o mal que esses políticos arquitetavam. Pois o povo não esqueceu a desgraça que foi o governo de FHC. O que fez FHC diante disso? Como não pode atingir o presidente Lula diretamente, resolveu magoá-lo prejudicando o povo. Resolveu atacar a saúde do povo, pois decidiu que o único caminho para que o PSDB retorne ao poder, em 2010, é o da disseminação de doenças e desgraças entre o povo ainda no governo Lula. E a forma para conseguir isso seria retirar os recursos destinados a garantir saúde melhor para o povo. A CPMF é um imposto justo: paga mais quem ganha mais, paga menos quem ganha menos, e quem não ganha não paga. Além de evitar a sonegação de outros tributos, arrecada o dinheiro usado para melhorar a saúde pública, manter os hospitais públicos, combater a fome e a miséria de milhões de brasileiros. Apesar dos apelos até de governadores do PSDB, potenciais candidatos a sucessão do presidente Lula em 2010, pela manutenção da CPMF, o senador Arthur Virgilio, mancebo de FHC no Senado, manteve-se fiel à orientação de prejudicar a saúde do povo pobre. Os senadores da oposição são marionetes de FHC. Prejudicam a população de propósito, para eles quanto pior melhor. Não lhes importa se os governadores vão ficar sem recursos para a Saúde:eles que coloquem a culpa no presidente Lula, e o povo que se dane. Pensam em voltar ao poder em 2010 fazendo o que sabem fazer melhor: prejudicando o país, arruinando a economia, fazendo o povo sofrer. Essa atitude tresloucada me faz pensar: será que FHC está pensando em um terceiro mandato? Jussara Seixas

Nenhum comentário: