segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Prá não dizer que não falei do Natal!

A FELICIDADE E A PAZ SÓ DEPENDEM DA GENTE, TODOS OS DIAS.

Sinceramente, ao ver todo esse frenesi em torno das festas de Natal e Ano Novo, fico aborrecido. É um consumismo desenfreado que foge a qualquer normalidade. É um negócio de presente prá fulano, sicrano e a fins que não tem fim. E se não tiver o presente, precisa arranjar uma boa desculpa. É claro que o Natal esse ano tem um aspecto importante, que é o crescimento do poder de compra da população graças as politicas positivas do Presidente Lula, mas para mim, ainda assim, toda essa realidade não me remete para essa onda consumista com votos de "boas festas e um feliz ano novo", porque de nada adianta desejarmos, se não a fazemos.
E é preciso lembrarmos que o mais importante dessa data, não são as trocas de presentes e nem a espera de papai Noel, mas sim o Nascimento de Jesus Cristo, portanto, o verdadeiro e único motivo das comemorações.
Por isso, apesar dos apelos nesse momento de adesão ao clima de contraternização natalina, digo que a Felicidade e a Paz, só dependem da gente, todos os dias do ano.
Forte Abraço para todos, todos os dias.
Helio de Almeida Oliveira.

Nenhum comentário: