sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Cada Tucano no seu Galho!


Lula reage a declarações de ministros do STF

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reagiu às declarações de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que classificaram de "eleitoreiros" novos projetos sociais do governo. Em discurso durante inauguração de um viaduto em Aracaju (SE), Lula disse que um Poder não pode dar palpite na vida do outro. "Seria tão bom se o Poder Judiciário metesse o nariz apenas nas coisas dele, o Legislativo apenas nas coisas dele, e o Executivo nas coisas dele", afirmou, exaltado, a uma platéia que o ouvia sob chuva. O presidente chegou a convocar deputados e senadores nordestinos para rebaterem, da tribuna do Congresso, "as sandices" que, segundo ele, estão sendo ditas contra o programa Territórios da Cidadania, lançado no início da semana, e que prevê investimentos públicos em áreas pobres do País. "Ele quer ser um ministro da Suprema Corte ou político?", questionou o presidente, referindo-se a ministros do STF que criticaram o programa. "Não tem um palpite meu no Legislativo e o governo não se mete no Judiciário", continuou. "Se cada um ficar no seu galho o Brasil tem chance de ir em frente. Mas se cada um der palpite na vida do outro, a gente pode conturbar a tranqüilidade da sociedade brasileira." O presidente se definiu como "um homem de muita paciência". "É preciso que a gente reordene as instituições brasileiras para que elas funcionem cada vez mais democráticas." Ele fez questão de ressaltar que o Poder Judiciário tem a responsabilidade de "interpretar a lei", e não interferir em ações do governo. Hoje, o presidente Lula participa, em Aracaju, da abertura da 6ª Reunião do Fórum de Governadores do Nordeste, e em seguida embarcará para Brasília.

Nenhum comentário: