segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

CPI nos outros, em mim, não!

@
-E agora? O PSDB esta numa sinuca de bico junto com o jornal Folha de São Paulo. O escândalo dos cartões no ninho tucano paulista não sairá da pauta enquanto durar a CPI (S) da “tapioca” no Congresso, por mais que a mídia corporativa esgueire e varra a sujeira para debaixo do tapete, o fantasma do escândalo paulista assombrara o tucanato. A Folha de São Paulo (manchete de Capa) abalou o tucanato paulista. A Folha por honestidade jornalística terá que investigar os carões milionários do Estado, não poderá fugir desta missão penosa, caso contrário, é o fim de um jornal que se diz independente e corajoso! A conferir @-Só para constar: o orçamento do Estado de São Paulo não chegou a 100 bilhões em 2007 e os tais cartões de débitos foram torrados na ordem dos 108 milhões. Qual foi o orçamento do Governo Federal em 2007? Eu não me atrevo a colocar o número, para não deixar tucanos constrangidos! @-A mídia corporativa começou a semana, quietinha, quietinha! É constrangedor constatar o silêncio ensurdecedor da Folha, O Globo, Estadão-ão, CBN, Jovem Pan, etc. PSDB tornou-se um partido fragilíssimo, vegeta na grande mídia, sem ela, o PSDB falece eleitoralmente. Mais uma ou duas “Capas-denúncia” sobre os milionários cartões de débitos, o Governo Serra desmancha. A quietude salvadora tem preço? É só ideologia estulta? @-Depois de sete anos o governo tucano-paulistano-paulista resolve criar um saite para dar transparência aos gastos (cartão de débitos na boca do caixa) do abundante dinheiro público, CPI? Nem prensar! Qual é a moral do PSDB na exigência de uma CPI no Congresso sobre o mesmíssimo tema? Bom, é a mesma moral da mídia corporativa, sem dúvida nenhuma.
http://nogueirajr.blogspot.com

Nenhum comentário: