segunda-feira, 28 de abril de 2008

A estrela sobe, para desespero da mídia tucana-pefelenta

Avaliação do governo Lula tem o maior índice desde 2003
28/04 - 10:54 - Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias

Para desespero da Mídia Tucana-pefelenta, O Presidente Lula tem a sua melhor avaliação desde 2003, tem aprovação para um terceiro mandato e venceria já no primeiro turno. Chora mídia sem vergonha!
BRASÍLIA - A Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgou, nesta segunda-feira, os resultados da 92ª Pesquisa CNT/Sensus que apresentou a melhor avaliação do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva desde a sua posse, em janeiro de 2003. Hoje, 57,5% da população avalia o governo como positivo, enquanto 11,3% classifica o desempenho como negativo. Em fevereiro de 2008, a avaliação positiva do governo Lula situava-se em 52,7% e a avaliação negativa em 13,7%. O indicativo referente ao desempenho pessoal do presidente também registrou seu maior aumento. Em abril de 2008, a avaliação positiva ficou em 69,3% e a desaprovação regitrou 26,1%. Em fevereiro de 2008, a aprovação do desempenho pessoal de Lula situava-se 66,8% e a desaprovação 28,6%. De acordo com o presidente de CNT, Clésio Andrade, o aumento da consolidação da popularidade do presidente Lula se deve aos seguintes fatores: “crescimento econômico com geração de emprego, aos programas sociais, e mais especificamente ao Bolsa Família, a boa movimentação e discurso político do presidente, e a inauguração das obras sintetizadas do PAC que deram uma sensação de eficiência do governo”. Em relação a tendência do eleitorado brasileiro para eleições de 2010, a pesquisa demonstra que em uma votação espontânea para o primeiro turno, o presidente Lula obteve 29,4% dos votos, seguido por José Serra com 5,0%; Aécio Neves, com 2,9%; Geraldo Alckmin, com 2,4%; Heloisa Helena, com 2,7%; e Ciro Gomes, com 1,5%. Na pesquisa, 54,1% não tem candidato ainda. Para um eventual segundo turno, na primeira opção está José Serra com 53,2%, seguido por Dilma Rousseff, com 13,6%. O presidente Lula não aparece nas pesquisas de segundo turno. Sobre uma eventual alteração na constituição para permitir uma nova candidatura de Lula, já em 2010, 50,4% afirmam ser a favor e 45% são contra. Diante de uma eventual oportunidade de reeleição para o terceiro mandato, 51,1% da população votaria em Lula, 35,7% em José Serra e 13,3% declarou ainda não ter candidato. O Instituto Sensus, contratado pela CNT, ouviu 2 mil pessoas entre 21 e 25 de abril, em 24 Estados brasileiros. A margem de erro do levantamento é de 3 pontos percentuais para mais e para menos. Leia mais sobre: CNT/Sensus - sucessão

Nenhum comentário: