quinta-feira, 3 de abril de 2008

O povo brasileiro merece uma mídia alternativa e a hora é essa

Este artigo saiu publicado no Blog Bahia de Fato, que está nesta trincheira visando o estabelecimento de uma mídia mais democrática e honesta, que possibilite o contraditório e mereça ser lida.
 


Blog de Um Sem Mídia

O povo brasileiro merece uma imprensa livre que veicule informações com credibilidade. A imprensa que aí está, hegemônica, corporativa, partidária e ideologizada não tem mais a confiança do povo, se é que algum dia teve. A maior prova da perda de credibilidade da mídia em geral está na pesquisa CNI/Ibope divulgada hoje (27 de março). Apesar de todo o bombardeio da mídia, denúncias de escândalos inventados, contínua e persistente campanha do contra (vide revista Veja, Diogo Mainardi, Estadão, Folha, rede Globo etc) a avaliação positiva do Governo Lula registrou 58%, o índice mais alto desde março de 2003, primeiro ano de Lula na Presidência da República.Já a aprovação ao presidente Lula também cresceu. No total, 73% dos entrevistados aprovam a maneira do presidente governar o país. O índice também foi o segundo melhor registrado pela pesquisa. Somente em março de 2003, início de governo, a avaliação pessoal do presidente obteve índice maior com 75%. A confiança no presidente registrou índice de 68%. Apenas 28% dos entrevistados afirmaram que não confiam em Lula. Em dezembro do ano passado, o índice de confiança no presidente foi de 60%. Já em abril de 2006, o índice registrou 62%. Ou seja, a confiança do povo no presidente Lula continua crescendo. Com exceção de uma parcela de privilegiados da classe média, a turma dos “cansados”, o povo brasileiro não engole os ataques ao presidente Lula. A opinião de senadores e deputados do DEM e do PSDB, insistentemente veiculada na mídia corporativa, não vale nada.O espaço para a construção de uma mídia alternativa, vinculada aos interesses das classes trabalhadoras, dos movimentos sociais e que reivindique o aumento de recursos para os programas de distribuição de renda como Bolsa-Família, por exemplo, está aberto. Há mais conseqüência em lutar por mais e melhores programas sociais do que criticar por criticar o Governo Lula.Daí a importância das reuniões que se sucedem nos estados a partir do encontro de jornalistas, estudantes e professores de comunicação, realizado dia 8 de março em São Paulo. Em Salvador, o encontro será realizado no próximo dia 11 de abril, na sede da ABI ou na UFBA, ainda por confirmar. Dizer que imprensa boa é imprensa de oposição é a coisa mais idiota que já ouvi. Isso valia para a luta contra a ditadura militar. Fazer oposição sistemática a governos populares, democráticos e de trabalhadores é o que faz a mídia corporativa, de direita, do pensamento único. Imprensa é para defender os interesses do povo.

Nenhum comentário: