domingo, 6 de abril de 2008

Sem erros, Massa vence GP do Bahrein pela 2ª vez consecutiva; Kimi completa dobradinha

 

BRUNO VICARIA
de São Paulo


Com uma atuação impecável neste domingo (6) em Sakhir, Felipe Massa saiu do limbo para a disputa direta do título ao conquistar a vitória no GP do Bahrein, terceira etapa da temporada 2008 da F-1. O brasileiro da Ferrari terminou a corrida do Oriente Médio na frente pela segunda vez seguida, recebendo a bandeirada com uma vantagem segura de 3s3 para o companheiro Kimi Raikkonen, que completou a festa da escuderia italiana com a segunda posição e, de quebra, assumiu a liderança do campeonato. Massa tomou a primeira posição logo na primeira curva e não foi ameaçado em nenhum momento, nem quando foi aos boxes e Raikkonen iniciou a já tradicional seqüência de voltas rápidas antes do pit-stop. Robert Kubica terminou na terceira posição com o carro da BMW, após largar (mal) da pole-position. Seu companheiro, Nick Heidfeld, foi quarto. O time alemão, aliás, marcou a melhor volta da prova, com Heidfeld, liderou com os dois carros e ficou à frente da McLaren, já que Heikki Kovalainen foi o quinto. Fechando a zona de pontuação, outras três equipes: Toyota, com Jarno Trulli, Red Bull, com Mark Webber, e Williams, com Nico Rosberg. Timo Glock, no outro carro da Toyota, chegou em nono e ficou fora dos pontos, mas foi um dos destaques do pelotão intermediário. E muitos se perguntam: o que aconteceu com Lewis Hamilton, que não aparece entre os primeiros? O inglês da McLaren teve um início de prova repleto de problemas: largou mal, caiu muitas posições e, na tentativa de recuperar terreno, estampou a traseira do desafeto Fernando Alonso, da Renault. Sem o bico do carro, Lewis foi obrigado a parar nos boxes e, ao voltar, teve de se conformar em disputar posições no pelotão de trás. Como resultado, Hamilton terminou a prova em 13°, não pontuou e viu a liderança do Mundial escapar de suas mãos. Rubens Barrichello, da Honda, não enfrentou problemas com a sinalização e a velocidade nos boxes, completando a corrida barenita em 11°, colado em Alonso. O brasileiro, aliás, passou o primeiro terço da prova preso atrás de Giancarlo Fisichella, da Force India, realizando a ultrapassagem no momento dos pit-stops. Já Nelsinho Piquet não completou a prova, após enfrentar problemas no câmbio antes mesmo da largada. Após 30 voltas, o estreante da Renault foi obrigado a encostar, sem conseguir passar as marchas corretamente. Com o resultado em Sakhir, Raikkonen assumiu a ponta com 19 pontos, seguido de Heidfeld (16). Logo atrás, três pilotos empatados com 14 pontos: Hamilton, Kubica e Kovalainen. Massa pulou para sexto com a vitória, registrando seus primeiros pontos no ano. A próxima corrida está marcada para o dia 27 de abril, na Espanha.

Nenhum comentário: