sexta-feira, 9 de maio de 2008

POR UM TERCEIRO MANDATO DE LULA


Rui Martins - Berna
Extraido do Blog
Por um Novo Brasil

Vamos pedir para Lula ficar, em comícios, manifestações públicas, e para afastar qualquer dúvidas exigir um plebiscito que permita um terceiro mandato. O FHC ganhou sua reeleição em conchavos no Congresso, Lula será tri a pedido do povo. E isso criará uma extraordinária união nacional.Seria absurdo alguém levantar qualquer dúvida quanto à democracia norte-americana, no período do New Deal, depois da crise financeira, até 1945, fim da Segunda Guerra Mundial. Exatamente de 1933 a 1945, durante 12 anos, os EUA tiveram como presidente, e um de seus melhores presidentes, Franklin Roosevelt.Roosevelt tirou os norte-americanos da crise, evitou que a miséria decorrente se instalasse no país, desenvolveu um Estado social, entrou em conflito com o Judiciário para poder impor iniciativas do New Deal que favoreciam a maioria da população. Liderou os Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial contra a Alemanha nazista, declarando a guerra ao eixo alemão-italiano-nipônico em 1941, em sequência ao ataque de Pearl Harbour.Roosevelt foi reeleito uma vez, duas vezes, três vezes e só não completou seu quarto mandado presidencial por ter morrido.E a França ? País da liberdade, da contestação, de manifestações, da revolta estudantil agora completando 40 anos, onde se criaram as férias pagas para o operariado, ninguém colocaria em dúvida o período presidencial de François Mitterrand, também um de seus melhores presidentes.Mitterrand assegurou o desenvolvimento de conquistas sociais para os trabalhadores, aboliu a pena de morte, criou a semana de 35 horas, lançou as bases para a construção da União Européia, manteve a independência francesa face à Otan e aos Estados Unidos. Eleito em 1981, foi reeleito em 1988 e governou por 14 anos, pois na época os mandatos presidenciais franceses eram de sete anos.Ninguém em sã consciência diria que Franklin Roosevelt e François Mitterrand eram ditadores ou que prejudicaram a evolução das democracias norte-americana e francesa. Muito ao contrário – reforçaram as instituições e a independência de seus países, zelaram pela paz social e deram condições para a população norte-americana e francesa melhorarem de vida e participarem do desenvolvimento industrial de seus países. O parlamento sempre foi livre e a imprensa gozou igualmente de toda liberdade durante os mandatos presidenciais de Roosevelt e de Mitterrand.Por que seria agora escandaloso, anti-democrático, perigoso, se permitir ao presidente Lula um terceiro mandato ? Nunca o Brasil desfrutou de tanto prestígio no cenário internacional, encarado como grande nação emergente, independente, orgulhosa por ter pago as dívidas e de não representar mais nenhum risco para os investidores, que tanto perderam investindo nos EUA e no seu dólar desvalorizado. Nunca a imprensa foi tão livre.Mais de 20 milhões de pessoas deixaram de ser consideradas miseráveis e fazem hoje parte de famílias pobres mas com direito a escolas e a refeições regulares. A economia está funcionando, o país está entrando ao seu futuro, tão falado depois de descrito por Stefan Zweig e, enfim, não somos mais unicamente o país do futebol e do carnaval.Falar em futebol, na linguagem dos futebolistas existe aquela conhecida frase – não se troca uma equipe que ganha. Por que iríamos agora desativar o processo de enriquecimento do nosso país, que levará sem dúvida ao atenuamento das desigualdades sociais e da má distribuição das riquezas ? Por que se perder energias em busca de um sucessor, criando-se o receio de se interromper essa corrente ascendente tanto para a economia brasileira como para a população?Há muitos escândalos, corrupção ? Mas há também muitos processos e prisões. Os governos anteriores foram melhores ? Não, mesmo piores. O que conta são os resultados. E eles são bons no seu conjunto.Não é uma questão de personalização do presidente, ele é um homem como todos nós, com sua média diária de erros e acertos. É uma questão de realismo, para não se quebrar, com lutas políticas, o ritmo atual que nos embala para cima.Vamos, sim, fazer um movimento para Lula governar mais um mandato. Pedimos, em 1821, para o príncipe-regente Pedro de Alcântara ficar no Brasil e não obedecer seu pai que exigia seu retorno a Portugal. Pedro ficou e proclamou nossa independência e se transformou no nosso Pedro I.Vamos pedir para Lula ficar, em comícios, manifestações públicas, e para afastar qualquer dúvidas exigir um plebiscito que permita um terceiro mandato. O FHC ganhou sua reeleição em conchavos no Congresso, Lula será tri a pedido do povo. E isso criará uma extraordinária união nacional.Lula terá assim um mandato tão longo como o de Roosevelt, de Mitterrand, e até do Getúlio e sem golpe de Estado.

Nenhum comentário: