sábado, 30 de agosto de 2008

Mainardi da Veja: Ou paga ou vai para o presídio.

PiG ABSOLVE MAINARDI

Paulo Henrique Amorim

Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.
. O PiG não deu uma única linha sobre a condenação de Diogo Mainardi na Justiça Criminal de São Paulo. . Diogo Mainardi foi condenado a três meses de cadeia. . Se tiver dinheiro, pode converter a pena em dinheiro. . O mais importante, porém, foi Mainardi perder a “primariedade”. . O que significa que, se for condenado de novo, por não ser mais primário, vai ter que ir, obrigatoriamente, em cana. . Do ponto de vista das instituições, a decisão por 3 x 0 manda um sinal a todos os colonistas e “jornalistas” do PiG. . A “liberdade de imprensa” não é escudo para se “censurar pela calúnia”, como disse um dos juízes da ação. . A “liberdade de imprensa” não é escudo para cometer crimes. . A “liberdade de imprensa” não é “liberdade DA imprensa” – ou seja, não é só o PiG que tem direito à liberdade. . O PiG e a Associação Nacional dos Jornais – seu lobby em Brasília – tentam impor a doutrina de que a liberdade de imprensa é ilimitada. . A dupla condenação de Mainardi no Crime – já tinha sido condenado no Cível, também em segunda instância e também por unanimidade – fixa limites legais à liberdade do PiG. .Tanto assim que o PiG preferiu ignorar a condenação. . Mainardi escreve na revista de maior circulação do país, a Veja, a última flor do Fascio, uma revista inescrupulosa – clique aqui para ler o que Luis Nassif já escreveu sobre como funcionam as entranhas dela –, em que o leitor não distingue comércio de informação. . Mainardi escreveu um livro best-seller, que, no título, chama o Presidente da República de anta. . Mainardi participa de um programa na tevê a cabo, de alcance nacional. . Não é um desconhecido. . Ele é um símbolo dessa imprensa que flagela o Brasil. . E, por isso, por ela foi absolvido.

Um comentário:

Anônimo disse...

Caro Hélio,


Começou no blog do Igor a série "Os Espasmos do Império", sobre a débâcle do império americano. Endereço:
http://alexeievitchromanov.zip.net

Alberto