quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Eliezer Gomes agradece pelo apoio recebido nas elçeições de outubro de 2008


Faço minhas as palavras de Eliezer Gomes, filiado fundador do PT na Paraiba. Militante fiel, aguerrido, dissiminador da Idéia do PT e do trabalho do Presidente Lula. Sei o que representam as palavras de Eliezer quando fala do abandono sofrido por companheiros? do Partido. Sei o que é isso e nem precisamos falar de casos pessoais, pois temos um exemplo claro aqui em João Pessoa, que é o caso do Prefeito reeleito, Ricardo Coutinho ex petista, que preferiu sair do PT e se filiar ao PSB a ter que enfrentar as cartas marcadas de pessoas que por comandarem o PT, achavam que mandavam no eleitorado pessoense. Se deram mal e ai está provavelmente a causa que emperra o crescimento do PT aqui, a despeito do que ocorre no resto do país, onde o PT só cresce. Eliezer Gomes, tem aqui a minha solidariedade e pode ter certeza, que o rumo que voce tomar daqui prá frente, tem a minha companhia. Por Helio de almeida Oliveira, Fundador do PT na Paraiba, e colaborador do crescimento do PT no Ceará, militando com nomes como José Pimentel- Ministro da Previdência, José Guimaraes, Airton Cirillo, Deputados Federais, entre outros.
07/10/2008 Meus amigos e minhas amigas, Acabo de sair do processo eleitoral certo de que cumpri mais uma missão na minha longa jornada em busca de um país mais justo, mais digno e ético. Combati o bom combate, defendi minhas propostas de forma clara e aberta, sem me preocupar se assim, aqui ou alí perderia apoios e/ou votos. Para mim o mais importante era trazer uma boa nova, oferecer cidadania. Levei minhas ideias para a apreciação do povo, nas igrejas, nas escolas, no comercio, na industria, nos bairros, na universidade e em outros locais onde minhas pernas alcançaram. Foi uma experiência maravilhosa, pois, pude, de fato, compartilhar com muitos a visão que tenho sobre uma sociedade com valores éticos e alicerçada na democracia e no bem comum. Fui candidato, motorista, colador de cartazes, pichador de muros, panfleteiro, porta-bandeira... meu comitê funcionou dentro do meu carro e a minha equipe (amigos, colegas de trabalho e familiares) trabalhou voluntariamente. Obtive 1.856 votos, incrível, não? Ouvi pessoas dos mais diversos segmentos, desde simples operários, donas de casas da periferia sofrida ao pequeno, médio e até alguns grandes empresários; ouvi estudantes, jovens desempregados, líderes comunitários, sindicalistas, intelectuais, artistas, profissionais liberais, religiosos, ateus e vários outros seres humanos que habitam esta bela cidade chamada João Pessoa. Construí uma plataforma política composta de 13 itens que levaram em conta as opiniões coletadas nos nossos diálogos. Fui as ruas, defender minhas bandeiras, lutei por espaços, rejeitei o vale tudo e respeitei em algumas oportunidades o nível ainda à desejar de vários munícipes. Vi uma parte pôdre da prática política logo ao lado...onde a força do dinheiro e dos favores ilícitos eram a argumentação principal. Neste espaço vi tambem a ausência de pessoas que antes mim queriam, pois, precisavam do meu apoio, o que dei por muitas vezes. Essas pessoas preferiram seguir outro caminho e mim deixar de lado literalmente, mas, felizmente foi melhor assim, pois, no caminho que eles trilharam com toda imponência, arrogância, uso da máquina estatal e partidária além do aparato estrutural, não deu em nada. Já a minha caminhada foi coroada de êxito. Falo do êxito gerado pela lisura, pela decência, de como tratei a questão política, pela humildade, mas, tambem pela altivez e pelo resultado final que foi ótimo. Até acho que se essa gente estivesse do meu lado, não partiria para a luta da forma como parti, com garra e determinação. Gastei, e gastei bem a SOLA DO SAPATO. Consegui o meu maior objetivo que foi o de passar por esse oceâno sem naufragar... falo naufragar em todos os sentidos: não corrompi as pessoas, não vendi meu ideal e mais, obtive um reconhecimento que não tem preço...foram 1.856 votos de pessoas livres e de mentes limpas que confiam em mim e no prefeito reeleito Ricardo Coutinho. Estou bem, acordei bem na segunda feira. Espero que todos tenham sentido a mesma sensação que senti. Se a minha eleição para a câmara municipal não aconteceu desta vez, tenho a certeza de que a minha cadeira na vida continua muito sólida; a minha alma está alegre, o meu coração está saltitante. Quero dizer tambem que não estava sozinho nesta caminhada. Meus companheiros e companheiras de fato, estiveram comigo o tempo todo, portanto, saio agora do singular e adentro no plural para dizer: nós vencemos! Quero agradecer a todas aquelas pessoas que nos acompanharam nesta caminhada, quer seja no dia-a-dia da campanha ou mesmo apenas com o voto. Para mim vocês são mais que especiais, meu muito obrigado. Forte abraço, Eliezer Gomes A História continua!!!

Nenhum comentário: