sábado, 19 de dezembro de 2009

Odeio papai noel

Odeio papai noel, não por motivos culturais, nem religiosos. Meu ódio é pelo mal que ele representa por sustentar mentiras. As mentiras são as mais diversas como a que diz que ele vai trazer presentes. Os pais têm um esforço imensurável para dar um presente e o velho mentiroso é que fica com os créditos. Tem também a maldosa mentira que diz que se o menino se comportar, receberá presentes. Pura maldade com os pobres, que por mais que se comportem, nada receberão, a não ser em alguns casos onde há a solidariedade da sociedade organizada. Não me preocupo se ele é mais lembrado que Jesus Cristo, pois Ele tem poderes para desmanchar essa farsa quando bem entender. A minha preucupação é quando a mídia invade a minha casa e de forma manipuladora, determina como devo gastar o meu 13º, que não devo me atrasar para comprar os presentes e que depois desse gasto todo, não devo me individar. Como? É mágica? E por que ela não revela esse segredo? O Natal é tão manipulado que a população não consegue perceber a enorme contradição em relação ao papel do velho parasita e os pais de familia. Se é papai noel que vai trazer os presentes, por que devo comprar? Não seria o caso de esperarmos que além de ele trazer os presentes das crianças não trouxesse os nossos, já que somos filhos dele tambem??? É constrangedor para mim, ver esse mar de propagandas mostrando pessoas felizes ocnsumindo, que ao mesmo tempo que vejo a propaganda consigo ver por esse país a fora, figuras de pais sofrendo nos postos de trabalho formais ou não, que sabem que não poderão participar desse chamamento. Sem panetone, sem ceia, sem presentes. É assim que milhões de pessoas passam a noite de natal e por incrível que pareça, a dor delas não sai nos jornais. No nosso natal não tem vaga para sofrimento, a ordem é extravasar, mesmo que o nascimento dEle tenha sido em meio a sofrimentos, perseguição e mortes. Nunca aceitarei a presença desse safado em minha casa, que me chamem de revoltado, não importa. Sei que nada poderei fazer para desmascará-lo, mas tambem não cederei um só milímetro das minhas convicções. Certa vez escutei Tadeu Nascimento, um apresentador de TV cearense, ele lia um poema que tratava da revolta de uma criança com papai noel, depois que seu pai fora preso por furtar um brinquedo para lhe presenteiar na noite de natal. É assim que vejo os pais de familia nas noites de natal com prisão em presidios ou não, depois que presenteiam seus filhos. Ficam prisioneiros nas operadoras de cartão de crédito, bancos e até nas empresas em que trabalham. Então, por tudo que falei, posso encher meus peitos e gritar: EU ODEIO VOCE, PAPAI NOEL!

2 comentários:

eEUcomISSO [Tassio Bruno] disse...

ai helio!
bom natal meu bom!
como q vc anda menino?!

eu entendo vei...mas eu pensei q o vermelho fosse pq o bom velhinho era comunista! -- fala serio!

abrs helio, Fuiz!

Isabel Viso disse...

Eu penso quase como você, Helio. O que me incomoda mesmo é a insistência em se manter essa tradição idiota da figura do Papai Noel. Eu fico indignada que em pleno século 21 ainda se mantenham tradições desse tipo tão mentirosas, manipuladoras e retrógradas. Nesse dia todos são tão "cristãos"..., mas no dia seguinte vai tudo privada abaixo e segue-se o ano como sempre... desrespeitando, roubando, matando, traindo, enganando, fingindo e dando calote à rodo. Bjs!