Ser covarde, é...

Ser covarde, é...

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Mundo sexy: Homem arranca corações.

Traído, marido arranca coração de esposa e come frito.

Não foi no óleo nem no azeite. Após assassinar a própria esposa, Patricia Vicente da Silva, o desempregado José Jorge da Silva, retirou os órgãos do corpo da vítima e levou o coração até um bar, onde pediu para o cozinheiro fritar na manteiga, e comeu acompanhado de uma cervejinha.

Marido confessou crimeO crime bárbaro, que chocou a cidade de Arapiraca, em Alagoas, foi cometido no final de 2010, e teve desfecho nesta semana, quando o assassino foi preso no município de Carmópolis, em Sergipe, e confessou friamente, para a surpresa geral.

"Ele foi preso aqui após tentar roubar um taxista e, ao levantarmos a ficha, descobrimos que ele era procurado em Arapiraca por esse crime.

O que surpreendeu foi a calma com que ele confessou tudo, com detalhes. Em nenhum momento ele demonstrou sinal de arrependimento", disse o delegado de Carmópolis, Lênio Augusto.

E o arrependimento não faz mesmo parte do vocabulário do assassino, que planejou o crime ao suspeitar de uma traição e o contou detalhadamente.

"Foi só uma furada no estômago. Ela ficou se batendo um minuto e morreu. Eu cortei ela até o umbigo, tirei os órgãos e só guardei o coração e levei comigo. Depois, peguei uma van até Palmeira dos Índios e pedi para um cara de um bar fritar e comi como tira-gosto com cerveja. Comi mesmo", disse.

Fonte: Meia Hora

sábado, 24 de setembro de 2011

Hamilton rejeita se contentar em apenas ficar na F1 e cita Barrichello

Lewis Hamilton deu a entender novamente que, se a McLaren não reagir no próximo ano frente às rivais, pode procurar outro caminhos no futuro. O inglês também afirmou que só está na F1 para vencer e citou Barrichello
Foi por meio de uma entrevista ao jornal inglês 'The Sun' que Lewis Hamilton mostrou toda a sua insatisfação com a falta de resultados nesta temporada e, por consequência, a impossibilidade de travar uma batalha mais dura pelo título contra Sebastian Vettel e a Red Bull. O britânico de 26 anos deu a entender que pode, sim, procurar novos caminhos se a McLaren não reagir no próximo ano. Afirmando que está na F1 apenas para vencer, Hamilton ainda fez uma comparação com o atual grid e usou Rubens Barrichello como exemplo. O campeão de 2008 declarou que não quer apenas fazer "número na F1", acrescentando que existem pilotos que se dizem contentes somente por fazer parte da categoria. "Em termos de carreira, ainda tenho pelo menos de cinco a dez anos. Mas, em algum momento, se tudo continuar como está, então a minha paciência será seriamente testada", disse o piloto. "Existem pilotos que se contentam em apenas permanecer na F1. Eles apenas existem. Talvez tenham família. Veja Rubens Barrichello. Ele parece estar satisfeito onde está. Ele está em um bom lugar na vida", completou. "Mas há pessoas como eu, que só existem para ser o melhor. Se você não está tentando ser o melhor, então não está fazendo nada", acrescentou Lewis, dizendo que é um piloto tão bom quanto Vettel, que está prestes a celebrar o bicampeonato em 2011. Grande Prêmio "No ano que vem, eles vão voltar com um carro ainda melhor e nós precisaremos reagir. E Sebastian estará ainda mais confiante. A F1 não é como o golfe ou tênis, onde talvez 95% do trabalho dependa do jogador. Nós tivemos uma reunião técnica recentemente e questionei alguns problemas. Estou pressionando ao máximo", revelou. "Esse não tem sido o meu pior ano na F1. Eu já estive em carros piores. Por outro lado, também não tem sido excepcional. Talvez se colocarmos Vettel e eu no mesmo carro em uma rodovia, a gente possa ver como as coisas são", finalizou.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Sexo, olhe que loucura!

Que tarado mirim, tentando estuprar o inocente cachorro! Que pena voce daria a esse estuprador? Ainda bem que alguma câmera de segurança de algum lugar filmou o grave e hediondo crime! Reparem como o miliante covarde agiu, depois que percebeu que a casa caiu. Ajuda ai!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

SEXO, Como enlouquecer uma mulher na cama

Aproveite, hoje é o dia do AMANTE.

Dicas, ideias e truques para apimentar o sexo e sair da rotina.

30 dicas espertas para esquentar o sexo com ela e aumentar o seu prazer.

1. Descubra a arte de escolher um bom filme.

Se a ideia é esquentar o clima, descarte logo os filmes românticos e parta para os clássicos do erotismo. Em linhas gerais, moças preferem filmes do gênero que tenham enredo interessante, e não apenas “figuras”. Sugestões clássicas sempre bem-vindas: “O último tango em Paris”, “Nove e ½ semanas de amor”, “Emmanuelle”, “O amante de Lady Chatterley”.

2. Se jogue na pista.

Fazer um striptease em clima de brincadeira é muito excitante para algumas mulheres. Não por acaso elas ficam tão animadas em chás de cozinha com convidados especiais vestidos de policial ou bombeiro. Bom humor é um dos componentes mais excitantes para uma noite de sexo bem-sucedida.

3. Incremente o estoque de brinquedinhos eróticos.

Cápsulas vibratórias para estimular partes variadas do corpo da mulher estão entre os itens mais vendidos das sex shops. Alguns têm até controle remoto para atiçar à distância a libido da parceira.

4. Invista em uma underwear de efeito.

E aposte em uma cueca boa. Se possível, fuja daquelas convencionais e opte por modelos do tipo boxe ou samba-canção – muito mais sexy aos olhos femininos.

5. Capriche no sexo oral.

O clitóris é uma das zonas erógenas mais importantes do corpo de uma mulher, mas nem só ali está o foco do prazer. Segundo a fisioterapeuta e professora de sexualidade, Débora Pádua, os pequenos lábios também devem ser estimulados sem muita pressão. O importante é fazer tudo com suavidade – só nos filmes eróticos as mulheres (fingem que) gostam de força em partes delicadas do corpo.

6. Não tenha pressa.

Preste atenção no que ela gosta. Observe e sinta se movimentos lentos ou mais vigorosos refletem em prazer para ela. Estímulos manuais antes da penetração podem ser mais excitantes do que ato propriamente dito. Por isso, não tenha pressa!

7. Não tenha pressa II.

A mulher só começa a ficar lubrificada quando está excitada. Esse detalhe é muito importante antes de partir para a ação. Se necessário, apele para um bom gel lubrificante com sabor para garantir a diversão dela por mais tempo. Os movimentos feitos com a língua ao redor do canal vaginal podem ter efeito mais eficaz do que aqueles que invadem o corpo.

8. Não tenha pressa III.

Retarde a ejaculação mais um pouquinho. Isso requer treino e, eventualmente, a utilização de acessórios eróticos, como anéis penianos. Não tenha pressa, o orgasmo da mulher tende a demorar mais para chegar. Aplicar força nos movimentos também não garantirá o prazer dela. Muitas vezes, a mulher “broxa” pela falta de tato do homem.

9. Passo a passo do sexo anal.

A fisioterapeuta e professora de sexualidade, Débora Pádua, dá as dicas para essa prazerosa prática à dois: a mulher precisa querer fazer sexo oral, não force a barra; a mulher precisa estar excitada para não sentir dor; lubrificante de boa qualidade é essencial; tome cuidado com produtos anestésicos, eles podem camuflar demasiadamente a dor e, assim, a noção de limites se perde; use camisinha sempre.

10. Invista em uma nécessaire erótica.

Além de camisinhas com sabores interessantes, sua parceira pode ficar muito animada caso você incremente o sexo com algum gel lubrificante de efeito gelado, que intensifica a sensação de prazer.

11. Olhe para ela.

Algumas mulheres nem ligam se você tem barriga tanquinho ou não. Por isso, preste mais atenção na sua parceira do que em seu próprio corpo na hora do sexo e surpreenda-se com o resultado final.

12. Valorize o clima de sedução.

Moças de fino trato adoram um mimo. Um café da manhã feito com esmero no dia seguinte pode ser tão excitante quanto terminar a noite fazendo sexo sobre a bancada da pia da cozinha, acredite.

13. Sexo com palavras.

Poucas coisas são tão excitantes quanto ouvir um parceiro entusiasmado anunciar o orgasmo olhando fixamente nos olhos.

14. Perfume-se.

Mulheres costumam ser taradas por cheiros. Por isso, não hesite em sair de casa devidamente cheiroso para qualquer encontro.

15. Tenha pegada.

Um homem que sabe como agarrar uma mulher tem seu passe valorizado instantaneamente. E aqueles que realizam essa manobra com sucesso não hesitam: são firmes nos movimentos, mas nunca deixam de prestar atenção nos limites. Ter boa pegada é muito diferente de ser um selvagem egoísta na cama.

16. Luzes acesas, por favor! .

É um mito que mulher só gosta de fazer sexo no escurinho. Muitas adoram observar a cena com todos os detalhes, mas tem de ser uma luz boa, indireta e aconchegante de preferência.

17. Varie no cardápio.

Mulheres costumam se entediar com facilidade. Por isso, quanto mais variado for o cardápio de cenários e de movimentos, melhor! Surpreenda com uma manobra diferente ou uma abordagem sexy fora do contexto usual. Impossível resistir a um homem que deixa bem claro seu desejo pela parceira.

18. Conselho de expert.

Margot Saint-Loup, autora do livro “177 maneiras de enlouquecer uma mulher na cama” (Ediouro), avisa: “A fim de que nada perturbe sua noite, tire o som da secretária eletrônica, do telefone e do celular. Nada de deixar o computador ligado com você online no MSN ou em qualquer outro tipo de programa de bate-papo virtual. O som de que alguém te chama para teclar, nem que seja sua irmã que mora em Londres, não vai cair bem. Seria de péssimo gosto abandonar os braços de uma mulher desejada a qualquer sinal repentino de um desses aparelhos”.

19. Ataque-surpresa.

Impulsos sexuais em lugares públicos são sempre muito excitantes. Se conseguir escapar para um cantinho reservado no meio de uma festa para um pequeno momento de safadezas, será a glória.

20. Momento exibicionista.

Experimente deixar a janela do hotel entreaberta na próxima viagem à dois. Sexo com a possibilidade de observação fica ainda melhor.

21. Faça da mulher sua musa.

Mulheres podem até se fazer de difíceis, mas adoram elogios. Deixe bem claro seu entusiasmo na próxima vez que flagrá-la só de calcinha e salto alto, enquanto se arruma para uma festa ou até em uma manhã ordinária, saindo para o trabalho.

22. Desligue a televisão.

Televisão no quarto é algo inconcebível para uma vida sexual interessante e animada. Com 125 canais a sua disposição, fica difícil sobrar tempo para outra atividade além de clicar os botões do controle remoto. Ganhe mil pontos no quesito sedução ao propor desligar a tevê e ir para o quarto fazer algo bem mais interessante. Se for dia de jogo de futebol, compute pelo menos 500 pontos extras.

23. Carinho nunca é demais.

Mulheres adoram ser tocadas, acariciadas, lambidas. O prazer de ambos pode ser ainda maior caso você se disponha sinceramente a carinhos variados antes do sexo. E tem mais: o sexo para a mulher começa com um “bom dia”. Não adianta ser desagradável o dia inteiro e depois querer correr atrás do prejuízo com uma noite intensa de sexo. Clima é tudo!

24. Mordida de amor não dói.

Mordidas leves no pescoço, nos mamilos e entre as coxas estão entre as carícias favoritas de nove entre dez moças.

25. Vista o avental.

Cozinhar para uma mulher é das práticas mais sedutoras que já inventaram para apimentar o começo de uma boa noite de sexo. Ah, e elas costumam adorar vinhos, que são muito relaxantes e estimulantes.

26. Presente-surpresa.

Escolha a lingerie mais sexy que encontrar para presentear sua parceira em um momento inesperado.

27. Durma sem roupa e, de preferência, abraçado a sua parceira.

28. Show particular.

Algumas mulheres ficam especialmente excitadas ao ver seus parceiros se masturbando, não hesite em testar essa manobra se quiser apimentar uma noite especialmente quente.

29. Aquaplay.

Convite sua parceira para uma sessão de sexo no chuveiro e jamais saia correndo da cama para tomar banho sozinho, uma das atitudes mais broxantes do universo.

30. Combo de benefícios.

Homens são visuais e costumam “comer com os olhos”. Mulheres são mais sensíveis e gostam de ser estimuladas de diversas maneiras. Por isso, a melhor aposta é um “combo” que inclua filmes eróticos, iluminação insinuante (sob luz indireta todos os corpos ficam mais bonitos), velas e estímulos variados antes do sexo propriamente dito. Ah, e as famosas preliminares, lembra?

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Os Pais de Jesus [Eu não Escolhi Deus]

by Luísa L.


La Pieta por El Greco
Aos nove anos de idade, os meus pais, mandaram-me para a catequese. Já ia com três anos de atraso, no dizer dos entendidos. Por vontade do meu pai, eu nunca teria ido, mas a minha mãe pensava de outra forma… Para mim, sem voto na matéria, era um desesperante desperdício de tempo, que poderia ser gerido de forma útil, entre a especialização do jogo do “abafa” e o no treino intensivo de corridas de bicicleta.
A minha falta de vocação para alcançar os mistérios divinos era enorme, então passava aquela hora calada e quieta. Nunca fazia perguntas e jamais me passaria pela cabeça propor uma discussão. A catequista – senhora Escolástica – olhava para mim com tristeza e chegou a dizer à minha mãe, que eu não conseguia aprender o catecismo. Nessa altura, ainda tive esperança, que a minha mãe me tirasse daquelas aulas enfastiantes, mas qual quê…

-//-

- Pai, Jesus era mágico?
- Não, era um homem como outro qualquer.
- Mas ele transformou a água em vinho.
- Achas que a Rainha Isabel era mágica?
- Não…
- Mas ela transformou o pão em rosas…
- Mas isso é uma história, não conta!
- Exatamente… é uma história, tal e qual, como as histórias de Jesus!
- Mas Jesus existiu há muitos anos.
- Na verdade, ninguém sabe ao certo. Mas a Rainha Isabel existiu de certeza!
- Então ele não transformou a água em vinho.
- Claro que não! Essas histórias chamam-se parábolas. Há muitas, umas com Jesus, outras com rainhas, outras até com pessoas completamente inventadas.
- Pai… Deus era pai de Jesus?
- O pai de Jesus era José…
- Mas a senhora Escolástica disse que Jesus era filho de Deus.
- Pergunta lá à senhora Escolástica como é que Maria teve um filho, que é filho de José e Deus ao mesmo tempo… – Disse o meu pai com um sorriso nos olhos.

-//-

- Mãe, Jesus era mágico?
- Não filha, era um homem muito bom, que ajudava as pessoas que precisavam.
- Mas ele transformou a água em vinho.
- Ah, mas isso é diferente. Isso foi um milagre…
- Mas o pai disse que era um conto.
- Bem… não é bem um conto… é que… bom, a mãe acredita que foi um milagre.
- Também acreditas em fadas e mouras?
- Claro que não, isso são lendas.
- Eu sei. Mas como elas também transformam umas coisas noutras… Mãe… Deus era pai de Jesus?
- Sim, Jesus era filho de Deus.
- Mas o pai dele não era José?
- Sim, de certa maneira… é que… bem, foi José que o criou.
- Então a mãe de Jesus, tinha sido casada com Deus, antes de casar com José?…
- Não filha… mas… olha, não penses nisso agora. A seu tempo, vais aprender e perceber isso tudo, lá na catequese.
- O pai disse para eu perguntar à senhora Escolástica, como é que Maria teve um filho de dois pais…
- A mãe pensa que é melhor não perguntares nada.

-//-

- Filha… chega aqui.
- Sim, pai!
- Acho melhor não perguntares à senhora Escolástica, sobre os pais de Jesus.
- Pois. A mãe já me tinha dito.

SEXO - Eita mente poluida!

Isso é que é mente poluida!

Ordinária, vagabunda!

Esse negócio de dieta virou uma guerra. No combate ao emagrecimento, o que se menos ver é a saúde de quem apontado uma dieta para emagrecer. Na maioria das vezes, as dietas têm efeito safona e sempre fica mais dificil emagrecer e é ai que se complica a saúde de quem praitica dieta. Em muitos casos é possível emagrecer com diate, em outros, é preciso operação de redução de estômago. Só uma avaliação médica pode determinar o caminho. Estou falando em dieta, porque já fui mais gordinho, tinha dificuldades até de amarrar os cadarços dos sapatos. ui a luta e fechei a boca e no final de um mês, emagreci exatamente 13 quilos. O médico se assustou com o resultado e pediu que eu interrompesse a dieta. Já são mais de 10 anos desde que fiz essa dieta e estou aqui, contando a história sem sorer o efeito safona. Depois conto o que fiz e trago também uma análise de uma bomba que a gente coloca nas nossas mesas, que é o arroz branco. Até lá.