quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Abundam picaretas “indignados” com “mensaleiros”

Por Edurdo Guimaraes (www.blogdacidadania.com.br)

A inundação dos meios de comunicação com frases moralistas de efeito sobre o julgamento da Ação Penal 470 e certas reações que essa campanha provoca na sociedade são fenômenos que serão estudos por séculos. O historiador do futuro se espantará com a hipocrisia que fez hordas de picaretas saírem da toca batendo no peito.
Há empresário que se gaba de sonegar, que só manda funcionários embora por justa causa para não pagar direitos trabalhistas da demissão e depois vai brigar na justiça, ou que passa noites inteiras em prostíbulos enquanto e diz à família que estava “trabalhando”, ou que corrompe funcionários de órgãos públicos para obter aprovações de seu interesse. Tudo isso enquanto lidera a discurseira contra “mensaleiros” em seu grupo social e profissional.
Adultos e até gente madura forjam perfis falsos nas redes sociais ou se escondem atrás de pseudônimos para ficar atacando a honra de pessoas que se posicionam contra a farsa que a mídia partidarizada e golpista está promovendo em torno do julgamento do “mensalão” de um partido enquanto ignora processos iguais contra outros, muitas vezes mais graves.
Não é à toa que o novo “herói” da mídia tucana, o ministro do STF Joaquim Barbosa, que relatou o processo do mensalão, por ser um homem sério comentou essa hipocrisia dizendo que a mesma mídia que vibra com a sua suposta intenção condenatória nunca deu bola para o mensalão tucano, tão grave quanto o petista.
Mesmo que todos os acusados do único partido em que ser “mensaleiro” é considerado crime fossem condenados, mesmo que todos os acusados na Ação Penal 470 fossem culpados – apesar de que há culpados e há inocentes –, nada justificaria o estupro do princípio constitucional da presunção de inocência que conspurca a opinião publicada.
Há até “jornalista” questionando a contratação de advogados pelos “mensaleiros”. Alguns parecem achar uma afronta que um réu “petralha” se defenda.
Fossem investigar os mais veementes “indignados” com “mensaleiros” (do PT e só do PT, é claro), a descoberta de como levam as suas vidas deixaria o país chocado. Há até apontador de jogo do bicho fazendo longos discursos sobre ética e contra a “corrupção petralha”.
Alguns dirão que é muito pedir coerência e vergonha na cara a pessoas que mergulham de cabeça em uma campanha de linchamento que nada tem que ver com pendores éticos, mas com política partidária e com espírito de torcida futebolística, mas que não pautam suas vidas por nada parecido com “ética”. Mas será muito pedir que olhem seus rabos?
Figura nesta página frase do jornalista e escritor norte-americano Joseph Pulitzer, que deu nome ao mais cobiçado prêmio de jornalismo do mundo: “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma”. Ele disse a frase há um século e ela está cada dia mais atual.

domingo, 1 de julho de 2012

Redução da maioridade, já!

Anteprojeto do Código Penal ganha destaque em perfis de senadores nas redes sociais.


Publicado em 30/06/2012, às 18h25.
A redução da maioridade penal e aumento do tempo de pena sem direito ao regime de progressão para políticos corruptos são os dois principais assuntos comentados em páginas de senadores nas redes sociais da internet. O assunto ganhou destaque depois da entrega, na quarta-feira (27), ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-PA), da proposta de reforma do Código Penal elaborada por uma comissão de juristas. O anteprojeto de lei será encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa que se reunirá na quarta-feira (4).
O presidente do colegiado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), já definiu os integrantes do grupo de trabalho que analisará a proposta de mudanças no Código Penal. Farão parte Pedro Taques (PDT-MT), Jorge Viana (PT-AC) e Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP). Eunício Oliveira presidirá os trabalhos do grupo. O parlamentar informou à Agência Brasil que os cidadãos podem enviar e-mails com críticas e sugestões para scomccj@senado.gov.br.
As opiniões colocadas nas mídias sociais dos parlamentares são as mais variadas sobre o tema. Os comentários sugerem, por exemplo, a redução penal para 13 anos de idade além do cumprimento integral do tempo a que for condenado o criminoso. Também há sugestões de aumento do tempo máximo para até 50 anos como está posto por uma internauta no perfil do senador Jorge Viana no Facebook. “A idade mínima deveria ser 13 anos, a pena mínima deveria ser 35 anos para crimes de morte. Os presos deveriam ser tratados como presos e não como hóspede da sociedade”, diz Marilene Lima.
O parlamentar defende que o aumento das penas para crimes de homicídio, por exemplo, seja revisto no Congresso. “O anteprojeto [dos juristas] defende que se falsificar uma pomada cosmética a pena será de até dez anos de prisão. Já para crime de homicídio essa pena passa para até seis anos. Isso, a meu ver, é uma distorção.”
A prioridade dele nos debates será a adoção de medidas duras que possam reduzir a criminalidade no país. Para Jorge Viana, a lei em vigor “é frouxa” e “trata bem bandido que mata”. Jorge Viana defenderá na CCJ, por exemplo, que pessoas condenadas por homicídio passem, no mínimo, dez anos em regime fechado.
Na página do senador Pedro Taques o tom dos integrantes não é diferente, com prioridade para o regime de progressão e aumento das penas. A diferença é o aumento no número de comentários sobre aumento de pena para crimes que envolvem políticos e desvio de dinheiro público. Sete horas após a informação sobre o novo código e a cópia da proposta dos juristas serem publicadas pelo senador, foram feitos 45 comentários e 149 pessoas compartilharam a íntegra do documento para suas páginas na rede social.
Pedro Taques defenderá que o crime de corrupção seja qualificado entre os previstos como hediondos – estupro, latrocínio (roubo seguido de morte), homicídio e tráfico de drogas, por exemplo. Ele acrescentou que agora o debate será conduzido no Congresso Nacional levando em consideração as sugestões e opiniões da sociedade, seja pela internet ou em audiências públicas.
O presidente da CCJ, Eunício Oliveira, julga necessária uma sintonia entre Parlamento e opinião pública. Ele acrescentou que com base nas informações que serão colhidas nas audiências públicas, os senadores terão condição de formar melhor uma opinião na hora de votar o novo código.
Ele é favorável à gradação das penas. Dessa forma, ela aumentaria de acordo com as reincidências. Eunício Oliveira avalia que, paralelamente ao novo código, devem ser feitos investimentos no sistema prisional para efetivamente criar mecanismos de recuperação e reinserção dos condenados na sociedade.
Ele também é um defensor da construção de presídios agrícolas em regiões do país praticamente desabitadas, além de ser contrário aos chamados “saidões” – quando presidiários com bom comportamento deixam o presídio por tempo determinado em festividades como o Natal.

agenciabrasil.ebc.com.br

terça-feira, 26 de junho de 2012

CONFIRMADO: PT e PPS juntos em João Pessoa

Cartaxo confirma Nonato como seu vice; PP não comparece e pode deixar aliança.


A confirmação foi feita pelo próprio Luciano Cartaxo.

Cartaxo, Agra e Nonato confirmam aliança e indicação do vice (Crédito: @orielfarias) Está confirmado. A chapa do PT que concorrerá a prefeitura de João Pessoa está formada. Luciano Cartaxo candidato a prefeito e o jornalista Nonato Bandeira candidato a vice-prefeito. A confirmação foi feita pelo próprio Luciano Cartaxo que chegou ao prédio da Asplan de mãos dadas com Bandeira. Nenhum representante do PP compareceu ao evento dando força a tese de que o partido ficou chateado com as articulações com o PPS e pode deixar a aliança.
O prefeito Luciano Agra também confirmou o apoio ao deputado estadual Luciano Cartaxo e disse que tomou a decisão de apoiar o petista e Nonato Bandeira como vice para manter os avanços conquistas pela cidade de João Pessoa.
Mas, nem tudo são flores no jardim do PT, além da insistência de parte do diretório municipal do partido de barrar a candidatura de Cartaxo, agora através de um plebiscito que deve ser convocado nos próximos dias, o PP também não gostou da articulação feita junto com o PPS a revelia dos progressistas que já teria garantias petistas de que estaria na chapa majoritária.

Eleição em João Pessoa - Aprovação de Luciano Agra aumenta para 42% e a de Ricardo Coutinho cai para 14%

Segundo a pesquisa Ipespe, 29% desaprovam Ricardo contra 14% do seu ex-aliado


O governador Ricardo Coutinho perde para o prefeito Luciano Agra no critério maneira de administrar. Enquanto Agra conta com a aprovação de 45%, Ricardo tem 35%, segundo revela a pesquisa Ipespe. Os números também diferem no quesito desaprovação. O governador conta com 29% contra 14% do seu ex-aliado.
As administrações de Luciano Agra e de Ricardo Coutinho são fruto de um mesmo projeto político, iniciado em 2004 com a chegada dos socialistas na Prefeitura de João Pessoa. Em 2008, Ricardo disputou a reeleição, tendo como vice Luciano Agra. Na eleição de 2010, ele saiu da prefeitura para disputar o governo do Estado, passando o comando da edilidade para Agra. A eleição de 2012 provocou um racha no esquema do governador, que passou a ser combatido não só pela oposição como por ex-aliados, liderados por Luciano Agra.
Os números da pesquisa Ipespe revelam que dos 35% que aprovam a maneira de governar do governador socialista, 36% são homens e 35% mulheres. Por idade, são 32% entre 16 e 24 anos; 39% entre 25 e 44 anos e 33% acima de 45 anos.
Do JP Online
WSCOM Online

segunda-feira, 25 de junho de 2012

PT Nacional autoriza aliança com PPS e Nonato retira candidatura pra ser vice de Cartaxo com apoio de Agra, em João Pessoa

25/06/2012 | 18h59min

Tudo certo como dois e dois são quatro. Ao mesmo tempo em que o PT Nacional autorizava lá em Brasília, por meio de resolução, que em João Pessoa o partido estaria livre para receber apoio do PPS, legenda adversária do governo Dilma, a Executiva do PPS na Capital paraibana decidia pela retirada da candidatura a prefeito de Nonato Bandeira em favor da aliança com o PT de Luciano Cartaxo.

A chapa apresentada pelo vereador Bruno Farias, líder do prefeito Luciano Agra na Câmara Municipal de João Pessoa, foi acatada, inclusive com indicativo feito pelo próprio Nonato Bandeira. A Executiva do PPS, assim, autorizou a coligação com Cartaxo e deverá formalizar a indicação de Bandeira para vaga de vice-prefeito.

Executiva do PT aprova aliança com PPS em JP e Cartaxo diz que próximo passo é escolher o viceA tese de aliança com o PSB, levantada pelo presidente do PPS de João Pessoa, Fábio Carneiro, que é presidente da Lotep-PB, foi derrotada por seis votos a dois.

Nesta terça-feira, o prefeito Luciano Agra, via Twitter, deverá confirmar apoio a Luciano Cartaxo, consolidando a chapa PT-PPS.

É certo que Luciano Agra foi eleito com os votos de Ricardo Coutinho, mas nesse momento, Luciano é bem avaliado como gestor e muto bem posicionado nas pesquisas eleitorais. Se ele realmente apoiar Luciano Cartaxo, tira muitos apoios e votos da candidatura oficial apoiada por Ricardo Coutinho, atual governador da Paraiba e com certeza leva uma força imensurável para a candidatura do PT. Veremos isso nas próximas pesquisas.

domingo, 24 de junho de 2012

F1 - GP de Valência - Os últimos foram os primeiros

Iluminado, Alonso conta com quebras de Vettel e Grosjean para conquistar vitória em Valência.


Fernando Alonso venceu o GP da Europa, em Valência, ao ver Sebastian Vettel e Romain Grosjean abandonarem por problemas mecânicos. Kimi Räikkönen foi o segundo e Michael Schumacher, que retorna ao pódio desde 2006, o terceiro.
Fernando Alonso tinha todos os motivos do mundo para não acreditar em um bom resultado em Valência. Largando em 11º, o espanhol teria que avançar posições em uma pista de difícil ultrapassagem para tentar um bom resultado. Para piorar, o forte calor espanhol também seria crítico para os pneus da Ferrari. Nada disso o impediu de ficar com a vitória. Neste domingo (24), a sorte mudou. O asturiano conseguiu pular para o terceiro lugar e viu Sebastian Vettel e Romain Grosjean, os líderes, abandonarem com problemas mecânicos.
Sem os principais adversários, Alonso precisou apenas administrar a vantagem para Lewis Hamilton e Kimi Räikkönen, além de economizar os pneus, claro, para ficar com a vitória. O piloto da McLaren parecia que ia terminar na segunda colocação, mas os pneus da McLaren se entregaram.
Räikkönen não teve muitas dificuldades para superar Hamilton, que passou a ser ameaçado por Pastor Maldonado, na última volta. Na chicane, o venezuelano tocou no rival, que abandonou. Sem bico, o bolivariano ainda foi ultrapassado por Michael Schumacher, que conquistou o primeiro pódio desde que voltou à F1, há três anos.
Os brasileiros, por outro lado, não tiveram uma boa corrida. Ambos se envolveram em acidentes com Kamui Kobayashi e não conseguiram bons resultados. O primeiro a se enroscar com o nipônico foi Bruno Senna, que tentou se defender dos ataques do asiático. No entanto, o piloto da Williams acabou espremendo o adversário no muro e recebeu o toque, rodando na saída da curva 2.
Depois, Felipe Massa também tomou o toque do piloto da Sauber em uma relargada, sofreu com um pneu furado e ainda precisou trocar o bico. Senna terminou em 11º, enquanto o piloto da Ferrari foi 16º

Aqui, o Resultado da Corrida:


quinta-feira, 21 de junho de 2012

Número de mulheres mortas na PB em 2012 supera todo 2011, diz ONG

Até a madrugada desta quarta-feira (20), 65 mulheres tinham sido mortas. Segundo Centro 8 de Março, em 70% dos casos parceiros são os autores.


Do G1 PB

Segundo dados da organização não governamental (ONG) Centro da Mulher 8 de Março, do dia primeiro de janeiro de 2012, até a madrugada desta quarta-feira (20), 65 mulheres foram assassinadas na Paraíba. O número de homicídios apenas até a metade deste ano supera o registrado em todo o ano passado, que foi de 41 mortes, segundo a ONG.

De acordo com a coordenadora geral do Centro da Mulher 8 de Março, Irene Marinheiro, em cerca de 70% dos casos de mulheres assassinadas, o autor do homicídio é um parceiro ou ex-parceiro da vítima. “Como a sociedade se baseia no machismo entendo que o homem se sente dono de tudo, até da mulher. Não aceitam que elas se separem dele, veêm como propriedade. Isso não é amor, entendo que é como sadismo porque quem ama não mata, quem ama protege. E o mais triste disso tudo é que acontece com a pessoa que a mulher mais confia e no local que ela se sente segura, o lar dela”, explicou Marinheiro.

Os três últimos casos a entrarem para as estatísticas do Centro da Mulher 8 de Março em 2012 aconteceram na terça-feira (19). Além da professora da Universidade Estadual da Paraíba, Briggida Rosely de Azevedo Lourenço, encontrada morta com sinais de asfixia em seu apartamento em João Pessoa. Já em Cabedelo, na Grande João Pessoa, uma mulher sem identificação foi encontrada morta. No município de Mamanguape, no Litoral Norte, e uma mulher foi assassinada a facadas por um homem de 21 anos. Entre os três homicídios, a polícia prendeu apenas o suspeito do homicídio cometido em Mamanguape.
Briggida Lourenço era professora de Arquivologia da UEPB Foto:Produção/Facebook)

Ainda segundo a coordenadora da ONG 8 de Março, a violência psicológica é a primeira etapa para um possível violência física. “A violência psicológica acontece quando o parceiro destrata verbalmente a mulher, a chamando, por exemplo, de burra, idiota. A mulher não considera violência, então passa para o primeiro tapa. Ele pede perdão e ela aceita. O que pode se aprofundar até chegar em um assassinato”, comentou Irene Marinheiro.
Além da ONG 8 de Março, situada na Av. Duque de Caxias no Centro de João Pessoa, as mulheres vítimas de violência podem procurar apoio também no Centro de Referência da Mulher, na Av. Afonso Campos também no Centro da capital. As denúncias devem ser registradas na Delegacia da Mulher Vítima de Violência, na Av. Pedro II. Na Paraíba existem oito delegacias da Mulher. Na região metropolitana da capital elas são localizadas em Cabedelo, João Pessoa, Santa Rita e Bayeux. Outras unidades podem ser encontradas em Guarabira, no Agreste paraibano, e Patos, Souza e Cajazeiras, no Sertão do estado.
O Centro da Mulher 8 de Março reivindica delegacias especializadas da Mulher em Monteiro, na região da Borborema e Pombal, no Sertão. A ONG indica que onde não existe Delegacia da Mulher, a vítima de violência deve procurar a delegacia comum da cidade mais próxima. “Só haverá diminuição nos casos de morte, a medida que as mulheres resolverem denunciar seus agressores”. concluiu a coordenadora geral do Centro da Mulher 8 de Março.

É preciso rever como a sociedade educa seus filhos. Os responsáveis, na sua maioria, mulheres, educam os filhos de formas diferentes: os homens são educados para serem os pegadores, e não levarem desaforo para casa; enquanto as mulheres são criadas para serem boazinhas, conformadas e atraentes sexualmente. Enquanto isso não for mudado, vamos assistir todos os dias, notícias de crimes.
Agora, temos que entender que as pessoas apresentam as armas que têm; necesseriamente,a violência não se apresenta só em forma física. A gente só ver o que está posto, mas o que provoca determinadas reações, nunca é mostrado. "Muito se fala da violência das águas que derrubam barreiras dos rios; mas nunca se fala da violência das margens que as comprimem." É isso ai.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, deixa o PSB

Luciano Agra entrega pedido de desfiliação do PSB .


Foto: Paraibaonline

Fonte: Da Redação com Ascom.
O prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, entregou requerimento se desfiliando do Partido Socialista Brasileiro (PSB) na manhã desta segunda-feira (18). O documento foi entregue à sede da Executiva Municipal da legenda e à Justiça Eleitoral.
“A situação ficou insustentável. Não tinha mais como permanecer no PSB após os sucessivos atos discriminatórios e desrespeitosos que sofri”, justificou Agra, dizendo ainda que a decisão foi tomada depois de ouvir a população e refletir sobre os últimos acontecimentos, incluindo a disputa eleitora interna promovida pelo partido.
“O PSB não me quer mais e nem eu sinto pertencer mais ao partido. Continuo mantendo o meu respeito e amizade aos companheiros dessa legenda que eu ajudei a reestruturar a partir de 2002 e que tive a honra de integrar a sua Executiva Nacional”, pontuou.
Luciano Agra ainda não definiu seu posicionamento político nas eleições desse ano. Segundo ele, o momento é de conversas com os partidos, mas garantiu que sua opção será pela manutenção das forças políticas que ajudaram a construir o processo de transformação social e econômica vivido pela cidade de João Pessoa nos últimos sete anos.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Paralisação dos Professores no Estado da Paraiba.

Durante três dias: Mais de 400 mil alunos vão ficar sem aula na Paraíba a partir de amanhã, dia 12/06/2012.


09h21min.
Mais de quatrocentos mil alunos da rede estadual de ensino vão ficar sem aula durante três dias na Paraíba. A partir desta quarta-feira (13) até a sexta-feira (15) os cerca de 17 mil professores vão paralisar suas atividades para reivindicar a aprovação da emenda 196 do deputado Janduhy Carneiro que prevê progressões vertical e horizontal dentro do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração(PCCR), dos docentes. O coordenador do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba (Sintep-PB) José Carlos Berlamino, explicou que durante esses três dias os professores vão ocupar a Assembleia Legislativa do Estado para pressionar a aprovação da emenda.
Ele explicou que a Emenda foi proposta em Maio. De acordo com Belarmino, o Governo do Estado não vem respeitando a tabela do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração. A tabela que o sindicalista se refere garante que o salário de um professor de Classe A, sem curso superior para um de classe B, que tem curso superior dever ser de 20% superior.
Paulo Cosme

A marcha das Vadias em João Pessoa-PB

Aconteceu no último sábado, dia 09 de junho.
Só discordo do título. Acho que as mulheres têm que gritarem alto e dizer: NÓS NÃO SOMOS VADIAS!