sexta-feira, 27 de abril de 2012

26/04/2012

Prego Batido:

Durval abandona o barco do PSB e abraça a candidatura de Luciano Cartaxo do PT em João Pessoa - PB.


O presidente da Câmara Municipal, vereador Durval Ferreira, sempre foi um fator decisivo nas eleições da capital. Homem discreto, sem muito deslumbramento pela mídia e pela oratória, Durval prefere a política do pé de ouvido onde as necessidades quase sempre são reveladas. Dentro desse estilo derrotou por duas vezes o governador Ricardo Coutinho que não o queria como presidente da Casa.
Em meio ao rebuliço que agita as siglas na capital, Durval guardou silêncio e a hora mais propícia para revelar seu apoio e do partido, o PP, cuja influência se faz sentir desde as esferas federais na pessoa do ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro.
Confidente e amigo do prefeito Luciano Agra a quem deu a mão e orientou os passos dentro do parlamento construindo uma atmosfera favorável ao técnico pouco afeito as manhas dos políticos, Durval abandonou a aliança com o PSB depois que Agra foi removido da condição de candidato nato da legenda para ser substituído pela desconhecida e contestada figura de Estelizabel.
Numa operação quase que sigilosa durante um final de semana, Durval atraiu para sua órbita outro Luciano desta feita o Cartaxo e construiu com ele uma aliança que se estende até Campina Grande e que pode mudar o relevo político das duas maiores cidades do Estado.
A estratégia estabelecida pelo presidente Durval provocou um rombo descomunal e irreparável na couraça já combalida do PSB. Ela sinaliza para uma nova geografia, onde a figura jovem e simpática de Luciano Cartaxo pode contagiar o eleitor de João Pessoa, caso identifique no novo parceiro de Durval, aquelas qualidades que buscou um dia em Ricardo, mas que resultaram em tremenda e insuportável decepção.
Durval exerce sobre os companheiros de parlamento uma inquestionável liderança que o conduziu e reconduziu a presidência sem contestações e sem resistência. Essa turma capaz de seguir seu “pastor” por qualquer caminho que ele apontar controla o poder político desta cidade e para onde pender transformará em votos o que ainda não passa de intenção.
A decisão de Durval de se aliar ao PT isola e enfraquece ainda mais a candidata do governador em João Pessoa, Estelizabel, e confirma que a escolha do Mago se constituiu numa infelicidade sem tamanho já que, além de desagregar seu partido contribuiu para afastar aliados, e reforçar os adversários.
Durval Ferreira fala pela primeira vez sobre aliança e revela: "PP e PT em JP serão unha e carne.
O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Durval Ferreira (PP), pôs um fim no seu silêncio e declarou de vez seu apoio a pré-candidatura do deputado estadual Luciano Cartaxo (PT) às eleições deste ano. O parlamentar revelou que a partir de agora as duas legendas irão caminhar juntas.
“O PP e o PT, em João Pessoa, serão unha e carne”, revelou Durval Ferreira durante entrevista coletiva concedida na manhã desta quinta-eira (26) na Assembleia Legislativa da Paraíba.
Desde que PP e PT decidiram se aliar, decisão tomada no último domingo (22), Durval ainda não havia se pronunciado. No entanto, hoje ele decidiu se posicionar a respeito da aliança.
“João Pessoa agora vai ter o candidato que merece. Acredito que Luciano Cartaxo sairá vencedor dessa disputa”, disse Durval.
Com a declaração do presidente da Câmara a pré-candidata do PSB, Estelizabel Bezerra, perde um importante aliado para as eleições deste ano.
Fonte: PoliticaPB

Nenhum comentário: