sexta-feira, 1 de junho de 2012

Lula no SBT no programa do Ratinho.

Em sua primeira aparição em um programa de televisão após a descoberta do câncer na laringe, Lula ficou no ar por mais de 40 minutos.
Na entrevista ao Ratinho, Lula também admitiu a possibilidade de voltar a ser candidato à Presidência.
"A única hipótese é se ela [Dilma] não quiser. E eu não vou permitir que um tucano volte à Presidência do Brasil".
Na metade da participação, Haddad foi convidado por Ratinho a subir ao palco para falar.
"A população votará no novo porque a população de São Paulo quer mudança", disse o ex-ministro, que ainda falou de sua gestão na Educação.
O começo do programa, porém, foi marcado por uma gafe de Lula.
Ao fazer referência a Haddad, Lula disse que o ex-ministro torce para o time do Santos. O pré-candidato respondeu que seu time do coração, na verdade, é o São Paulo.
Quando tratou da questão da saúde pública, o ex-presidente reclamou também da decisão do Congresso, em 2007, de acabar com a CPMF.
"Eles por vingança me tiraram a CPMF, que é um imposto para rico."
Em grande parte do tempo, Lula falou sobre seu tratamento contra o câncer na laringe. "O tratamento não é brincadeira", disse.
Ele contou ainda que tem feito duas horas de fisioterapia todas as manhãs por causa de um problema na perna. "Eu já cai duas vezes." Apesar disso, Lula disse que irá participar com tudo da campanha.
O programa ainda teve um quadro que contou um resumo da história de Lula e outro que tratou do Prouni.
Além disso teve os depoimentos do ex-atacante Ronaldo e do cantor Zeca Pagodinho.
O ex-presidente afirmou que foi ao programa por conta da amizade que tem com o apresentador. "Perguntam por que escolheu o Ratinho. Porque já comi rabada na casa dele e ele na minha", disse Lula.

Nenhum comentário: