Ser covarde, é...

Ser covarde, é...

sábado, 28 de setembro de 2013

Barrichello de volta a F1?

Com a saída de Felipe Massa da Ferrari, a Fórmula 1 poderia não ter brasileiros disputando a categoria em 2014. Porém, após várias especulações, o Brasil pode ver até 3 pilotos em 2014. Após rumores de que o brasiliense Felipe Nasr entraria na F1, possivelmente na STR, Rubens Barrichello, de 41 anos, voltou à tona e pode voltar à F1.
O recordista em número de provas disputadas, Rubens Barrichello, pode voltar à F1 aos 41 anos. Foto: Agência Reuters Com a esperada saída do alemão Nico Hulkenberg da Sauber para a Lotus ou McLaren e a falta de grandes nomes no grid, Barrichello é apontado como um dos salvadores da equipe suíça.
Perguntado sobre o possível retorno, Rubens afirmou que deveria apenas treinar o físico. "Teria apenas de treinar meu pescoço para voltar a correr. Então, posso correr amanhã", disse.
O retorno do ex-piloto da Honda, Ferrari e Williams seria bem vindo, já que o chefe da F1, Bernie Ecclestone, tem trabalhado em manter brasileiros no grid. Desde 1970 não há ausência de pilotos do País na categoria.
Vencedor de 11 corridas e recordista em número de grandes prêmios disputados, Barrichello pode voltar a ter presença garantida em um bólido por sua capacidade em conseguir arrecadar recursos de patricinadores. Segundo informações da prestigiada publicação de automobilismo alemã Auto Motor un Sport, ele levaria à Sauber algo em torno de 10 milhões de dólares.
Procurada pela Redação Web do Diário do Nordeste, a assessoria do piloto não atendeu às ligações.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Sensor paralelo com Interruptor Simples

Veja um esquema bem interessante para a instalação em 127/220V de um sensor de presença com um interruptor simples.
O esquema é bastante simples, mas insisto que se voce não tiver conhecimento em eletricidade, deve chamar um eletricista.
Caso você queira fazer a instalação e se entender o esquema da figura abaixo, antes de iniciar a instalação, desligue a chave geral.
Para fazer a instalação, você tem que ter em mãos, chave de fenda ou chave phillips, um teste neon para poder fazer o corte certo da fase no interruptor, alicate e fita isolante.
Concluída a instalação, ligue a chave geral e parabéns!

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Tomadas - Novo Padrão

Novo padrão brasileiro –sem mistérios.


Quando fazemos as mesmas tarefas repetidas vezes, adquirimos pratica e desenvoltura na execução dos trabalhos. Para quem lida diariamente com a instalação de tomadas, em especial as do novo padrão brasileiro, o hábito da instalação já não mostra uma dúvida comum de muitos profissionais e iniciantes que se confundem com a polaridade do neutro.
Mais comum do que se imagina, muitos já me perguntaram a respeito.
Utilizar o padrão antigo (NEMA 5P) para comparação não é uma boa, pois por analogia, diríamos que o neutro também é o pino da esquerda.
Opa! Esquerda de quem?
Pois é, do terra é claro. Mas essa afirmação só é válida quando vemos a tomada da forma que ela é apresentada pela norma, com o terra para cima.
  É o que mostra a primeira figura.
Atenção pois é comum algumas pessoas montarem extensões e adaptadores considerando os dois terras para baixo, dessa forma haveria inversão entre fase e neutro, um crime para equipamentos eletrônicos.
Melhor então é tentar decorarmos a posição correta da tomada. Ou quem achar mais prático, considerar a inversão do neutro se alinharmos o terra. É o exemplo da próxima figura.
Não muda nada, só a posição da primeira tomada.
A maioria dos fabricantes não marca o “N” do neutro por considerar que a tomada é utilizada tanto em 127V como em 220V.
Lembrando que existem dois tipos de tomadas do novo padrão brasileiro, a de 10A (pino de 4,0mm), para aparelhos que consomem menos como: TVs, DVDs, rádios, etc.; e as de 20A (pinos de 4,8mm), para aparelhos que consomem mais tipo: microondas, secadoras, ferros de passar, condicionador de ar e outros.
O plug de 10 A serve nas duas tomadas, como indicado nessa figura extraída da internet.
Escolha cada uma de acordo com a necessidade dos seus aparelhos, lembrando que o circuito elétrico deve ter fiação e proteção (disjuntores) compatíveis com a carga presumida e as tomadas instaladas.
A segurança da instalação começa com o profissional responsável pela execução da obra. A soma de vários detalhes pode fazer uma grande diferença.
Se voce não tem conhecimento em eletricidade, não seja curioso, chame um profissional. É mais seguro!